FAQ

Quem é Dr Felipe Alexandre?

Dr. Felipe Alexandre é o Advogado sênior e fundador da Alexandre Law Firm.

Foi eleito por seis anos consecutivos como um dos dez melhores advogados de imigração pelo Instituto Americano de Conselho Jurídico, mais recentemente em 2022.

Em 2021, ele integrou a lista dos 10 Melhores Advogados de Imigração na Flórida, publicada pela Revista de Advocacia e Prática.

Na AVVO – uma plataforma online que avalia advogados nos Estados Unidos -, Felipe Alexandre possui a pontuação máxima: 10.
A pontuação é calculada com base em registros públicos (associações de advocacia estaduais, agências reguladoras e registros judiciais), além de outras fontes publicadas na internet, experiência, realizações profissionais e sanções disciplinares.

Entre 2019 e 2021, como “Estrela em Ascensão da Super Lawyers” – uma lista da Thomson Reuters que reconhece profissionais de excelência em mais de 70 áreas de prática jurídica. A honra é concedida a não mais que 2,5% dos advogados dos Estados Unidos.

Posso entrar nos EUA sem um visto americano?

A entrada nos Estados Unidos normalmente requer um visto americano, a menos que você seja cidadão de um dos países que fazem parte do Programa de Isenção de Vistos (VWP), no qual os cidadãos desses países podem viajar para os EUA por até 90 dias a negócios ou turismo sem a necessidade de um visto.

Se você não é cidadão de um país do VWP, geralmente precisa obter um visto específico para a finalidade da sua viagem, seja ela para turismo, negócios, estudo, trabalho, ou outras razões. Cada tipo de visto tem requisitos específicos e processos de solicitação.

Quais são os vistos americanos temporários?

Existem diversos tipos de vistos temporários para os Estados Unidos, cada um destinado a finalidades específicas, como turismo, negócios, estudo, trabalho temporário, intercâmbio cultural, entre outros. Alguns dos vistos temporários mais comuns incluem: 

  1. Visto de Turista (B-1/B-2): Para viagens temporárias a turismo, negócios ou visitas a amigos ou parentes.
  2. Visto de Estudante (F-1/M-1): Para estudantes matriculados em instituições educacionais nos EUA.
  3. Visto de Trabalhador Temporário (H-1B, H-2A, H-2B, L-1, O-1, entre outros): Para profissionais que desejam trabalhar temporariamente nos Estados Unidos.
  4. Visto de Intercâmbio (J-1): Para participantes de programas de intercâmbio cultural, educacional ou profissional.
  5. Visto de Noivo(a) (K-1): Para noivos(as) estrangeiros(as) de cidadãos americanos que planejam se casar nos EUA.
  6. Visto de Noivo(a) de Militar (K-2): Para filhos(as) de noivos(as) militares estrangeiros(as).
  7. Visto de Noivo(a) de Estrangeiro(a) com Visto K-3 (K-3): Para cônjuges estrangeiros(as) de cidadãos americanos.
  8. Visto de Noivo(a) de Cidadão Americano (K-4): Para filhos(as) de cônjuges estrangeiros(as) de cidadãos americanos.
  9. Visto de Noivo(a) de Cidadão Americano (K-4): Para filhos(as) de cônjuges estrangeiros(as) de cidadãos americanos.

Estes são apenas alguns exemplos, e existem outros vistos temporários para finalidades específicas. Cada tipo de visto tem requisitos e procedimentos distintos.

Quais são os vistos americanos de trabalho temporário?

Os Estados Unidos oferecem diversos vistos temporários de trabalho para profissionais estrangeiros. Alguns dos vistos mais comuns incluem:

  1. Visto H-1B: Destinado a profissionais altamente qualificados em campos específicos, como tecnologia da informação, engenharia, medicina, entre outros.
  2. Visto H-2A: Para trabalhadores temporários agrícolas.
  3. Visto H-2B: Para trabalhadores temporários em setores não agrícolas, como turismo, hospitalidade, construção, entre outros.
  4. Visto L-1: Destinado a transferências intraempresariais, permitindo que funcionários de uma empresa no exterior trabalhem temporariamente em uma filial nos EUA.
  5. Visto O-1: Para indivíduos com habilidades extraordinárias ou conquistas notáveis em áreas como ciência, educação, negócios, esportes ou artes.
  6. Visto E-2: Para investidores estrangeiros que desejam investir e gerenciar um negócio nos EUA.
  7. Visto E-3: Exclusivo para cidadãos australianos que desejam trabalhar em uma ocupação especializada.
  8. Visto TN: Para cidadãos canadenses e mexicanos que trabalham em ocupações específicas listadas no Acordo de Livre Comércio da América do Norte (NAFTA).

Esses vistos têm requisitos específicos, e cada um deles é adequado para diferentes situações e profissões. A escolha do visto dependerá das circunstâncias individuais do requerente. Entre em contato com a Alexandre Law Firm para compreender qual a melhor opção para seu caso.

O que é um Green Card?

Um Green Card, também conhecido como “Residência Permanente dos Estados Unidos” ou “Cartão de Residente Permanente”, é um documento que confere a um indivíduo o status de residente permanente nos Estados Unidos. Ter um Green Card permite que uma pessoa viva e trabalhe indefinidamente nos EUA.

Quais as maneiras de obter um Green Card?

Existem várias maneiras de obter um Green Card, incluindo:

  1. Green Card por Emprego (EB): Concedido a trabalhadores estrangeiros com habilidades específicas, investidores, pesquisadores, professores e outros profissionais.
  2. Green Card por Família: Disponível para familiares de cidadãos americanos ou residentes permanentes, incluindo cônjuges, filhos, pais e irmãos.
  3. Asilo ou Refúgio: Pessoas que foram concedidas asilo ou status de refugiado podem eventualmente se tornar elegíveis para um Green Card.
  4. Loteria de Vistos de Diversidade: Um programa de loteria que concede Green Cards a candidatos de países com baixas taxas de imigração para os EUA.
  5. Vítimas de Crimes ou Abuso: Certas vítimas de crimes ou abuso podem ser elegíveis para um Green Card por meio de programas específicos.
  6. Programa de Imigração através de Investimento (EB-5): Investidores estrangeiros que fazem investimentos substanciais em empresas nos EUA podem se qualificar para um Green Card.

Ter um Green Card oferece muitos benefícios, incluindo a capacidade de viver e trabalhar nos EUA sem restrições significativas. No entanto, é importante observar que existem deveres e responsabilidades associados ao status de residente permanente, e manter o Green Card válido requer conformidade com as leis de imigração dos EUA. Se você deseja aplicar para algum desses vistos, entre em contato agora mesmo com a Alexandre Law Firm, sua conquista pode estar mais perto do que você imagina.

Qual a diferença entre um visto de imigrante e um green card?

A diferença fundamental entre um visto de imigrante e um Green Card (cartão de residência permanente) está na natureza do status e na intenção por trás de cada documento.

  1. Visto de Imigrante:

   – Um visto de imigrante é uma autorização temporária que permite que um estrangeiro entre nos Estados Unidos com a intenção de se estabelecer permanentemente.

   – Os vistos de imigrante incluem diversas categorias, como vistos familiares, vistos baseados em emprego, vistos de refugiados e asilo, entre outros.

   – A obtenção de um visto de imigrante geralmente requer a aprovação de uma petição específica, seja por um membro da família nos EUA ou por um empregador.

   – Uma vez nos EUA, os titulares de visto de imigrante geralmente precisam tomar medidas adicionais para obter o status de residente permanente.

  1. Green Card (Cartão de Residência Permanente):

   – Um Green Card confere um status de residente permanente nos Estados Unidos.

   – É um documento mais duradouro e, em muitos casos, é concedido a indivíduos que inicialmente entraram nos EUA com um visto de imigrante.

   – Um Green Card oferece uma gama mais ampla de benefícios, permitindo que o titular viva e trabalhe indefinidamente nos EUA.

   – Pode ser obtido através de várias vias, incluindo emprego, família, asilo, refúgio, loteria de vistos de diversidade, entre outras.

Portanto, enquanto um visto de imigrante é uma permissão temporária para entrar nos EUA com a intenção de residência permanente, o Green Card é o documento que confirma efetivamente o status de residente permanente e concede benefícios mais amplos.

O que é e para que serve o combo card?

Um Combo Card, também conhecido como Cartão Combo de Autorização de Emprego e Documento de Viagem, refere-se a um documento que combina a autorização de trabalho (EAD) com a permissão de viagem (Advance Parole) para determinados indivíduos nos Estados Unidos que estão aguardando a adjudicação de seu ajuste de status.

Aqui estão alguns pontos-chave sobre o Combo Card:

  1. Autorização de Emprego (EAD):

   – O Combo Card contém a Autorização de Emprego (EAD), que permite que o titular trabalhe legalmente nos Estados Unidos enquanto aguarda a decisão sobre sua petição de imigração.

  1. Documento de Viagem (Advance Parole):

   – Além da EAD, o Combo Card pode incluir a permissão de viagem conhecida como Advance Parole. Isso permite que o titular viaje temporariamente para fora dos Estados Unidos e retorne durante o período de espera do processo de imigração.

  1. Ajuste de Status:

   – Normalmente, o Combo Card é emitido para indivíduos que estão aguardando a aprovação de seu pedido de ajuste de status, o processo pelo qual um não residente se torna um residente permanente nos EUA.

  1. Viagens Durante o Processo:

   – Sem o Advance Parole, viajar para fora dos Estados Unidos enquanto aguarda a aprovação do ajuste de status pode resultar em consequências negativas, como a recusa de entrada.

  1. Validade e Renovação:

   – O Combo Card tem uma validade limitada. É importante monitorar a data de validade e renová-lo conforme necessário, especialmente se o processo de imigração estiver em andamento por um período mais longo.

Em resumo, o Combo Card é uma ferramenta valiosa para aqueles que estão no processo de ajuste de status nos EUA, proporcionando a capacidade de trabalhar legalmente e viajar temporariamente durante esse período.

Passaporte Europeu ajuda a ter um Green Card?

Ter um passaporte europeu, por si só, não garante a obtenção de um Green Card nos Estados Unidos. O Green Card é uma autorização de residência permanente nos EUA, e o processo para obtê-lo envolve diferentes categorias, como emprego, família, asilo, loteria de visto, entre outras.

É possível perder um Green Card?

Sim, é possível perder um Green Card nos Estados Unidos por várias razões. Alguns dos motivos comuns que podem levar à perda do Green Card incluem:

  1. Abandono da Residência Permanente:

   – Se um titular de Green Card passar um período prolongado fora dos Estados Unidos sem cumprir os requisitos de residência, pode ser considerado que abandonou sua residência permanente.

  1. Cometer Crimes Graves:

   – Certos crimes, especialmente aqueles considerados graves, podem resultar na perda do Green Card e até mesmo levar à deportação.

  1. Violação das Leis de Imigração:

   – Violações das leis de imigração, como fornecer informações falsas ou fraudulentas para obter um Green Card, podem levar à perda do status.

  1. Renúncia Voluntária:

   – Um titular de Green Card pode optar por renunciar voluntariamente ao status de residente permanente.

  1. Revogação Administrativa:

   – As autoridades de imigração podem revogar administrativamente um Green Card se descobrirem que a concessão inicial foi baseada em fraude ou erro.

  1. Criminalidade ou Atividades Ilegais após a Obtenção do Green Card:

   – O envolvimento em atividades ilegais ou criminosas após a obtenção do Green Card pode levar à perda do status.

  1. Não Cumprimento de Obrigações Fiscais:

   – Não cumprir as obrigações fiscais nos Estados Unidos pode ter implicações na manutenção do Green Card.

Se você estiver enfrentando uma situação que possa resultar na perda do Green Card, é aconselhável procurar a orientação de um advogado de imigração para entender completamente suas opções e os passos apropriados a serem tomados.

Onde está localizada a Alexandre Law Firm (ALF)?

A ALF tem 2 escritórios, um localizado em 136-20 38th Avenue
Suite 10F Flushing, Nova York 11354, e o outro na 17870 Castleton st., suite 250

City of Industry, Califórnia 91748

 

Quais são os vistos americanos mais conhecidos e solicitados?

Alguns dos vistos americanos mais conhecidos e frequentemente solicitados incluem:

Visto de Turista (B-2): Para viagens temporárias de lazer ou visitas familiares nos EUA.

Visto de Negócios (B-1): Para viagens temporárias relacionadas a negócios, como conferências, reuniões e treinamentos.

Visto de Estudante (F-1): Para estudantes matriculados em instituições educacionais nos EUA.

Visto de Trabalho Temporário (H-1B): Para profissionais estrangeiros que desejam trabalhar temporariamente nos EUA em ocupações especializadas.

Visto de Trabalho Baseado em Habilidade (EB-2 e EB-3): Para profissionais estrangeiros com habilidades especiais e trabalhadores qualificados, respectivamente.

O que é o visa Bulletin?

O Visa Bulletin é uma publicação mensal emitida pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos que fornece informações sobre a disponibilidade de vistos de imigração. Este boletim é especialmente relevante para aqueles que buscam vistos de imigrantes baseados em categorias de preferência, como familiares imediatos, familiares de segundo grau, profissionais e trabalhadores com habilidades específicas.

O boletim apresenta um esquema de datas e categorias, indicando quando os candidatos em diferentes categorias de preferência podem prosseguir com a próxima etapa de seus processos. As datas são agrupadas por países de origem e pelo tipo de relacionamento com o patrocinador nos casos de vistos familiares.

O que é um Business Plan?

O Business Plan, em português, Plano de Negócios, é um documento que descreve em detalhes todos os aspectos de um empreendimento comercial. Ele inclui informações sobre a visão e missão da empresa, análise de mercado, estrutura organizacional, descrição dos produtos ou serviços, estratégias de marketing, projeções financeiras e outros elementos relevantes para o funcionamento do negócio.

O que é Refile?

Refile é a oportunidade que todo solicitante de visto tem de submeter novamente sua petição inicial em caso de negação. No entanto, é crucial destacar que, para melhorar as chances de aprovação após o refile, é essencial revisar minuciosamente todos os aspectos que levaram à negativa inicial. Nesse processo, contar com a orientação de um advogado de imigração licenciado pode ser fundamental. Se você enfrentou uma negação de visto, estamos aqui para orientá-lo em cada passo do processo de refile. Entre em contato conosco para obter a assistência necessária. Seu caminho para o visto pode estar mais próximo do que você imagina!

O que é NOID?

O USCIS, Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos, utiliza a sigla NOID para se referir à “Notice of Intent to Deny”, que em português significa “Aviso de Intenção de Negação”. Essa notificação é enviada aos requerentes de visto quando o USCIS pretende negar sua petição ou solicitação. O objetivo da NOID é oferecer aos solicitantes a oportunidade de apresentar informações adicionais ou evidências que possam reverter a decisão de negativa.

Qual a validade de um Green Card?

O Green Card tem uma validade de 10 anos. Ao se aproximar do fim da validade, é crucial iniciar o processo de renovação. A renovação garante que você continue desfrutando dos benefícios do Green Card sem interrupções. Na Alexandre Law Firm, estamos aqui para simplificar todo o processo de renovação do seu Green Card. Nossos especialistas oferecem suporte dedicado para que você continue trilhando seu caminho nos EUA com confiança.